...ele tinha se encaixado no presente como tinha encaixado a mão de Fannys, e Larzo sentiu um pouco de saudade desse momento, embora soubesse que isso não seria suficiente para gerar a vontade de repetição. 

Ter saudade era bom, porque era raro e significava algo irracional...

Ela estava de pé na cozinha, uma saia desabrochada na tábua de passar roupa. Sem usar nada por baixo. 

booktrailer

Ela raspou o pneu no meio-fio em frente a uma portinhola preta, que se abria para uma espécie de cantina de fim de noite, onde senhores com mais de 40 anos usavam boné com a aba para trás sem chamar atenção. 

 

Medo, saxofone, palavras, perigo

Ter saudade era bom tem Bijuzinha e tem o cunhado do Zizi, tem Larzo

e a adolescente feminista, esforçada em ser cientista, que atende pelo apelido de Copérnico. Tem personagens saídos de uma mágica de Cartola, outros da ditadura de 1964 e do acidente na mina de San José de 2010, ao mesmo tempo, numa história mentida meio à Forrest Gump. Tem muita invenção escondida. Tomara que a viagem seja convidativa.

 

Em jogos com diferentes narradores, temáticas e subgêneros literários, do conto epistolar à ficção científica, o livro convida a reconstruir tramas máximas e mínimas, em dezesseis contos escritos principalmente entre 2010 e 2013, mas também alguns selecionados de produção anterior, como “Medo, saxofone, minúcias, palavras, perigo”, o mais antigo, de 1996.

Foi selecionado pelo edital do Fundo Municipal de Investimentos Culturais, da prefeitura de Campo Grande, e publicado pela Editora Dublinense em setembro de 2014. Ele está disponível para compra no site da editora, e uma provinha pode ser conferida aqui.

 

Pegavam no pé da mãe, falando que ela era boa demais, mas a mãe era sabida, virava a conversa em bruços: - Só dá quem tem, Sinhá! Então, eu dou e dou pra não ter falta. 

 

 

As coisas eram assim, pontiagudas em todas as direções. As coisas eram assim de um jeito que eu não gostava de Lorena todos os dias e isso me deixava chocado, fumando um cigarro sozinho no pátio. Com Lorena, os dias em que não havia interesse estragavam os dias em que eu estava interessado. 

 

A largura da coleira

moemavilela no gmail.com

  • Wix Facebook page