RELEASE –  JULHO/2017                                                                                       

 

LANÇAMENTO:

Livro Guernica será lançado em Porto Alegre em agosto

 

          Criada como uma novela desmontável, em que os capítulos podem ser lidos em diferentes ordens, Guernica é o terceiro livro de Moema Vilela, jornalista e escritora, autora de Quis dizer (Edições Udumbara, 2017) e Ter saudade era bom (Dublinense, 2014), este último finalista do Prêmio Açorianos de Literatura.

          O lançamento será na Livraria Baleia, na Aldeia, no dia 04 de agosto, às 19h, em evento com participação das escritoras Julia Dantas e Natália Borges Polesso.

          Na trama de Guernica, o leitor acompanha a história de Maria e de Luiza, mãe e filha, em seus impulsos de vida e de morte. Perdas e violências perpassam a trajetória das personagens, seja na guerra ou na presença da doença, das separações, da solidão, dos preconceitos, das dificuldades financeiras, da falta de vontade de viver. “A partir de um narrador colado ao universo emocional das personagens, acompanhamos as diferentes soluções que elas encontram para reencontrar a motivação e lidar com um mundo externo que muitas vezes lhes é brutal”, diz o texto da orelha.

          A narrativa se passa em um tempo para além do tempo histórico, em que estão presentes o WhatsApp e o surgimento da máquina de escrever, a impressora de roupas e o centenário de Cindy Sherman.

      Aprofundando a conversa que o livro faz com as ideias de fragmentação, fractalidade e a inspiração na representação cubista, Guernica ganha também um tumblr dentro do site da autora, como parte de um projeto de escrita expandida, em que a narrativa do livro impresso se amplia no meio digital. Em https://guernicaexpandida.tumblr.com/, o leitor pode encontrar a continuação de cenas do livro, representações de pinturas e fotografias que se escondem dentro da narrativa, ouvir músicas que os personagens ouviam em determinada página, conhecer uma receita de uma comida mencionada no livro, ver referências que, no impresso estavam escondidas entre as palavras. A ideia é ter uma plataforma que amplie e recrie o sentido do livro impresso, com todos os elementos que a mídia contemporânea nos oferece, convidando a uma maior interação dos leitores com o livro. Eles podem sugerir postagens das próprias leituras expandidas, compartilhando o que imaginaram sobre as personagens e a história, com imagens, vídeos, áudios, links, textos.

          Guernica foi criada inicialmente como uma parte da pesquisa da autora sobre narrativas breves, no doutorado em Letras – Escrita Criativa da PUCRS. A obra também é a primeira incursão da autora na edição de livros. Como um exercício de autonomia e também de experimentação em mais fases do processo de criação de um livro, ela e o designer José Benetti fundaram em abril deste ano as Edições Udumbara. Por ela, lançaram em maio de 2017 Quis dizer, um livro de poesia artesanal em duas versões, uma cartonera com a capa bordada e outra de bolso, em uma pequena tiragem que se esgotou, lançada na feira de editoras da Festipoa Literária 2017, e que agora vai para a segunda edição.

          Mais informações aqui: http://www.moemavilela.com/

 

Moema Vilela nasceu em Campo Grande (MS), mora em Porto Alegre (RS) há sete anos. Escritora e jornalista, é doutora em Letras pela PUCRS. Graduada em Jornalismo (UFMS), mestre em Estudos de Linguagens – Linguística e Semiótica (UFMS) e em Letras – Escrita Criativa (PUCRS), ministrou cursos e oficinas de literatura e escrita criativa em Campo Grande, Porto Alegre, Caxias do Sul, Pelotas e Curitiba. Autora de Ter saudade era bom (Dublinense, 2014), finalista do Açorianos de Literatura  de 2015, Quis dizer (Edições Udumbara, 2017) e Guernica (Dublinense, 2014). Publicou contos, poemas e ensaios em revistas literárias brasileiras e em antologias como em Cobain (2016), Antologia Off-Flip 2016, A criação da memória (Edipucrs, 2014), De tudo fica um pouco (Dublinense, 2011), entre outras.

 

Informações:

Lançamento de Guernica, com sessão de autógrafos e bate-papo com as escritoras Julia Dantas e Natália Borges Polesso.

Data e horário: 04 de agosto de 2017 (sexta-feira), a partir das 19h.

Local: Livraria Baleia / Aldeia (rua Santana, 252), em Porto Alegre.

Entrada franca.

 

Guernica, de Moema Vilela

Edições Udumbara

48 páginas

Preço do livro: 25 reais.

moemavilela no gmail.com

  • Wix Facebook page