'eu agradeço
ao povo brasileiro
norte, centro, sul inteiro
onde reinou o baião'

obrigada demais Tiago, Pati, Nati, Julia, Cris! O incentivo da leitura de vocês também foi o que colocou esse livro no mundo.

obrigada queridaços colegas da PUCRS, camaradas da Festipoa, amizades que fiz na literatura e que são muitas pra citar sem medo de falhar uma: obrigada pela caminhada junto, que hoje permeia minha escrita.

obrigada Escrita Criativa da PUCRS, por insistir no sonho dessa área.


Paulinha, inspiração de tanta coisa pra mim que cê nem sabe: obrigada pela videodança, pela companhia, por tanta-coisa-que-eu-nem-sei.


Maíra, minha irmã, obrigada por ser. Tão maravilhosa, também, e agora um pouco da sua maravilha estar na capa deste livro. Amo tu.

José, o que dizer? Não tem o que dizer. Mesmo assim: você me lembra do que é importante. Obrigada por cada dia, cada respirada aqui que é mais de verdade por tua companhia. Obrigada por fazer o Guernica comigo, amor.

Obrigada maestro Assis, e depois Kralik, Collin, Sanseverino e Spalding, que aceitaram receber a primeira versão e acompanhar essa Guernica desde o início. Obrigada por estarem comigo num dia tão importante para mim. Kelli, pelo papo no Goethe que me ajudou a repensar o formato 14x21cm do Guernica, Davi e Rick que leram dois capítulos quando eu estava em dúvida da ordem: thanx, chica e chicos.

Pelas leis dos agradecimentos, devo estar esquecendo alguém importantíssimo que, se tiver ânimo, eu peço para me alembrar. Alembra que alumia (uma gratidão-alegria guardada, mas bem a mão) <3