Greimas.jpg
Sergia2.png

A dupla vida de Dadá são histórias que não param de acontecer, em diferentes tempos e lugares, com universos ficcionais e personagens tão estrangeiros entre si quanto a baronesa Elsa von Freytag-Loringhoven e uma sopa de batatas. De tanto a autora ler mestres do pequeno – Borges, Cortázar, Kafka, Walser, Carver, Lydia Davis, Gonçalo Tavares, e Verônica Stigger, Andréa del Fuego, Nuno Ramos, José Rezende Jr. e tantos outros, saíram de sua boca brevidades inesperadas, em minificções, minicontos, até haicais.

  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon
  • White Google+ Icon

lançamentos

"MOEMA VILELA apresenta uma coleção fascinante de formas breves e brevíssimas, trabalhadas com a amplitude e o apreço de quem conhece o ofício da escrita. A dupla vida de Dadá, além de nos atiçar a pontinha encoberta da curiosidade, diz muito sobre a elaboração das histórias. Intensas, essas pequenas narrativas nos dão a oportunidade da não indiferença frente à literatura."

Natalia Borges Polesso

21.JUL | Campo Grande (MS)

25.JUL | Corumbá (MS)

22.SET | Porto Alegre (RS)

5c_baronesa1.jpg